fale livremente,
você não precisa se identificar

39.616.487
Acessos

45.821
comentários

14.595
respostas

#47834
Remetente não identificado 21/05/2023

A SOP (Síndrome do Ovário Policístico) pode estar relacionada ao aumento da prolactina no sangue, que é um hormônio produzido pela hipófise. A prolactina é responsável pela produção de leite nas mulheres durante a amamentação, porém, quando seus níveis estão elevados fora do período de amamentação, pode indicar uma condição conhecida como hiperprolactinemia.


A hiperprolactinemia pode ser causada por diversos fatores, incluindo tumores na hipófise, uso de certos medicamentos, disfunções da tireoide, entre outros. Por isso, é importante que você seja avaliada por uma ginecologista ( ou endocrinologista), que irá solicitar exames complementares para investigar as possíveis causas do aumento da prolactina.

Respondido em 22/05/2023
Ver 0 Comentários 0 curtidas    262 Visualização
#47835
Remetente não identificado 22/05/2023

Não há motivos para que você deixe de realizar o teste ergométrico solicitado. Afinal, durante a realização do teste ergométrico um cardiologista estará ao seu lado, analisando seu eletrocardiograma de esforço. A qualquer problema que surja, ele (ela) interromperá o exame. Além disso, não é sensato que você se ponha a questionar a conveniência de realizar (ou não) um exame que foi indicado pelo seu cardiologista.

Respondido em 22/05/2023
Ver 0 Comentários 1 curtida    264 Visualização
#47836
Remetente não identificado 22/05/2023

O laudo que você nos enviou é de um exame de endoscopia digestiva alta. O laudo descreve úlceras antrais em cicatrização.

A úlcera antral é uma ferida que se desenvolve na mucosa do estômago, especificamente na região do antro gástrico, que é a porção mais próxima do intestino delgado.

Você era portador de úlceras no estômago. Usou Sakita H2 - medicação que é usada para reduzir a produção de ácido no estômago e tratar úlceras gástricas - e o resultado foi bom: as úlceras estão cicatrizadas. 

Quando se diz que úlceras antrais estão em cicatrização com o uso de Sakita H2, significa que a medicação está ajudando a reduzir a produção de ácido no estômago, o que ajuda a aliviar os sintomas da úlcera e permite que a lesão se cure mais rápido. 


Não esqueça de que você já está praticamente curado, mas precisa ter seu tratamento acompanhado por uma/um gastroenterologista. 

Respondido em 22/05/2023
Ver 0 Comentários 1 curtida    296 Visualização
#47838
Remetente não identificado 22/05/2023

Os sintomas que você descreve podem ser causados por hipertensão arterial, estresse, ansiedade, ou problemas neurológicos. É importante que sua mãe continue a monitorar sua pressão arterial e tomar seus medicamentos regularmente.


A desvenlafaxina é um antidepressivo que pode ajudar a tratar a ansiedade e o estresse, mas é importante que sua mãe siga as instruções do médico e informe se houver qualquer efeito colateral ou se os sintomas não melhorarem.


Recomendo que sua mãe consulte com um cardiologista, para rever seu quadro clínico de hipertensão rebelde ao tratamento atual.

Respondido em 25/05/2023
Ver 0 Comentários 0 curtidas    251 Visualização
#47839
Remetente não identificado 23/05/2023

O uso da ivermectina pode interagir com outros medicamentos, incluindo a amoxicilina, aumentando o risco de efeitos colaterais nocivos.


Normalmente, a ivermectina é considerada segura quando usada corretamente, mas é importante garantir que não haja interações medicamentosas. O mais prudente será terminar o tratamento com antibiótico e, em seguida, usar ivermectina.


Respondido em 25/05/2023
Ver 0 Comentários 0 curtidas    241 Visualização
#47840
Remetente não identificado 23/05/2023

A decisão de colocar um marcapasso é baseada em vários fatores, como a gravidade dos seus sintomas, a frequência cardíaca e o risco de complicações. Em geral, um marcapasso é recomendado quando a frequência cardíaca está muito baixa e causa sintomas como tonturas, desmaios, fadiga ou falta de ar.


No entanto, é importante considerar os riscos e benefícios do marcapasso em relação à sua condição de saúde geral. Se você tem problemas na tireoide e alterações pulmonares, é possível que existam riscos adicionais associados à colocação de um marcapasso.


Por isso, é importante que você discuta essa decisão com seu médico cardiologista e com outros especialistas envolvidos em seu cuidado, procurando uma segunda opinião. Eles poderão avaliar sua condição de saúde geral e ajudá-lo a tomar uma decisão informada sobre a colocação do marcapasso.


Além disso, é importante que você siga as orientações do seu médico em relação ao controle de sua frequência cardíaca e ao tratamento de sua tireoide e imperfeições pulmonares. Isso pode incluir mudanças no estilo de vida, medicações e monitoramento regular.

Respondido em 25/05/2023
Ver 0 Comentários 0 curtidas    235 Visualização
#47841
Remetente não identificado 23/05/2023

Se exames laboratoriais de avaliação da função tireoidiana e a ultrassonografia da tireoide mostrarem resultados normais, fique tranquila pois é muito provável que sua tireoide esteja O.K.


Respondido em 25/05/2023
Ver 0 Comentários 0 curtidas    237 Visualização
#47844
Remetente não identificado 24/05/2023

Entre em contato com o Callcenter do medclub, pelo Whats (86.3131.1881) e esclareça todas as suas dúvidas sobre retorno de consulta por vídeo.

Respondido em 25/05/2023
Ver 0 Comentários 0 curtidas    247 Visualização
#47845
Remetente não identificado 24/05/2023

Há vários neuropediatras que são parceiros do Medclub, cobrando preços variados. Consulte o aplicativo MEDCLUB, ou envie essa mensagem (ou ligue) para nosso Whats (86.3131.1881) para se informar com detalhes.

Respondido em 25/05/2023
Ver 0 Comentários 0 curtidas    254 Visualização
#47847
Remetente não identificado 24/05/2023

Uma crise de tosse que dura três meses em uma criança é uma situação grave.

As causas mais comuns são:

1. Infecção respiratória: Uma infecção respiratória, como a bronquite ou pneumonia, pode causar tosse por um período prolongado.

2. Asma: A asma é uma condição crônica que afeta as vias respiratórias e pode causar tosse persistente, especialmente à noite.

3. Refluxo gastroesofágico: O refluxo gastroesofágico ocorre quando o conteúdo do estômago volta para o esôfago e pode causar tosse persistente, especialmente após as refeições.

4. Alergias: Alergias, como a rinite alérgica, podem causar tosse persistente.

5. Fibrose cística: A fibrose cística é uma condição genética que afeta o sistema respiratório e pode causar tosse persistente, juntamente com outros sintomas.


É importante que a criança seja avaliada por um pediatra competente, para determinar a causa da tosse persistente, fazendo exames, como raio-X do tórax ou testes de função pulmonar, e solicitar exames de sangue para ajudar a determinar a causa da tosse.

Respondido em 25/05/2023
Ver 0 Comentários 1 curtida    260 Visualização
Início  < 1302 1303 1304 1305 1306 1307 1308 1309 1310 >  Última

39.616.487
Acessos

45.821
comentários

14.595
respostas