fale livremente,
você não precisa se identificar

18.993.528
Acessos

45.443
comentários

10.862
respostas

#44216
Remetente não identificado 02/05/2020

Cara visitante, a inveja é, talvez, o mais antigo dos sentimentos humanos. Veja, por exemplo, as fábulas antigas: lá sempre você encontrará um personagem invejoso, infernizando a vida das suas vitimas. Quem não se lembra da bruxa da Branca de Neve? Há uma outra fábula, essa muito mais antiga, tendo origem na China da dinastia Zhou (por volta de 900 anos antes de Cristo), que conta a história de duas irmãs, para uma das quais apareceu uma fada, dizendo-lhe que atenderia qualquer pedido que a moça lhe fizesse, mas que ao atender ao pedido feito, o concederia em dobro à outra irmã. Acontece (disso a fada não sabia) que essa irmã, à qual ela apareceu, alimentava uma grande inveja em relação à outra. Pois sabe o que pediu à fada essa irmã invejosa: - “Pois se assim será, quero que você torne cego um dos meus olhos”...

Na situação em que você se encontra, há algumas atitudes que poderão ser adotadas:

  1. Conversar com a “bruxa”. De repente o problema dela é uma baixa auto-estima? Se ela for dócil, faça-lhe elogios e mostre que você não representa nenhuma ameaça para ela e tente convencê-la de que ela possui muita qualidades e que você que ser sua amiga. Agora, se ela tiver uma reação zangada, agressiva, adote a conduta 2. (Abaixo).
  2. Fuja dela, se afastando totalmente do seu convívio, evitando falar sobre ela. Quando algum fofoqueiro lhe trouxer informações sobre o que ela anda dizendo, não reaja e saia do local.
  3. Não fale sobre você, suas dificuldades ou suas conquistas. Seja alguém que escuta muito e fala pouco. Não fique postando vantagens em colunas sociais, pois essas são hoje as maiores disparadoras de invejas.
  4. Não mude quem você é. Por vezes as vitimas das manifestações de invejas tentam mudar seus comportamentos na esperança de se verem livres das perseguições. Mas isso não lhe fará bem, pois lhe fará sentir-se uma escrava dos julgamentos e comentários alheios.
Respondido em 10/05/2020
Ver 0 Comentários 7 curtidas    49 Acessos
#44219
Remetente não identificado 03/05/2020

Você apresenta um quadro de diarréia aguda, correndo o risco de sofrer uma desidratação e o medico lhe indica Annita como tratamento inicial? Se você estiver apresentando mais de 6 evacuações por dia, febre e dores abdominais, o diagnóstico é de infecção intestinal. E não deverá tomar, nesse momento, o Annita. Como você se encontra agora?

Respondido em 10/05/2020
Ver 0 Comentários 1 curtida    46 Acessos
#44221
Remetente não identificado 03/05/2020

UMA CRIANÇA DE QUASE DOIS ANOS DEVERÁ SER ACOMPANHADA POR PEDIATRA, FAZENDO UMA CONSULTA A CADA SEIS MESES. SE VOCÊ NÃO ADOTA HÁBITOS DE HIGIENE, DE NADA ADIANTARÁ ADMINISTRAR VERMÍFUGOS, POIS A CRIANÇA VOLTARÁ A SER INFESTADA POR PARASITAS INTESTINAIS.

Respondido em 10/05/2020
Ver 0 Comentários 2 curtidas    58 Acessos
#44225
Remetente não identificado 06/05/2020

Você o encontrará nas farmácias sob os nomes comerciais abaixo:

PRAZIQUANTEL

COMBANTRIN

ASCARICAL

Respondido em 10/05/2020
Ver 0 Comentários 1 curtida    95 Acessos
#44226
Remetente não identificado 06/05/2020

Sim. Assim como pode ser ansiedade, parasitose intestinal, deficiência de lactose, hipocondria, etc. Será prudente consultar um gastroenterologista, para que ele investigue suas queixas.

Respondido em 10/05/2020
Ver 0 Comentários 0 curtidas    95 Acessos
#44227
Remetente não identificado 06/05/2020

Não existe relação entre ingestão de vermífugos e redução da imunidade celular ou da imunidade humoral. Quanto à intolerância alimentar, você deverá buscar orientação de uma nutricionista ou de uma gastroenterologista pediátrica.

Quanto ao medicamento Leucogen (lisado ácido de timo do vitelo) não serve para nada. Nada mais é que uma “marmota” de um tipo aventureiro de industria farmaceutica que comercializa produtos sem base cientifica.

Respondido em 10/05/2020
Ver 0 Comentários 0 curtidas    106 Acessos
#44229
Remetente não identificado 08/05/2020

Não. Deixe de doidice.

Respondido em 08/05/2020
Ver 0 Comentários 2 curtidas    135 Acessos
#44230
Remetente não identificado 10/05/2020

Sim, antibióticos não interferem na ação de drogas anti-helmínticas (vermífugos).

Respondido em 10/05/2020
Ver 0 Comentários 0 curtidas    85 Acessos
Início  < 2 3 4 5 6 7 8 9 10 >  Última

18.993.528
Acessos

45.443
comentários

10.862
respostas