fale livremente,
você não precisa se identificar

538
Acessos

47
curtidas

4
comentários
Home > Dr. Eu amei muito meu marido, tanto que eu não imaginava viver sem ele. Mas, com muitas b...
#39730
Enviado Anônimamente 08/06/2018

Dr. Eu amei muito meu marido, tanto que eu não imaginava viver sem ele. Mas, com muitas brigas e idas e vindas, humilhações que ele me fazia quando brigavamos, ele fala cada coisa horrível pra mim que eu não consigo esquecer, mas não tenho raiva, apenas lembro sozinha. Ele xingava e me mandava pra todo tipo de lugar que o senhor imaginar, eu nunca, em 3 anos, eu nunca revidei nenhum dos insultos dele, xingamentos ou humilhações. Não por medo ou qualquer coisa do tipo, mas por eu não ser assim, por não sentir bem rebaixando o outro, seja lá quem for. Eu não sou assim. Não entendo porque hoje eu não sinto nada por ele. Nada mesmo, nem amor, nem raiva e nem pena. Estamos juntos ainda, mas parece que não, e tivemos uma briga ha uns 2 meses e nessa briga ele levantou a mão pra mim e me bateu. Depois desse dia eu ia denunciar, até liguei para o 190, mas disseram que eu tinha que ir na delegacia. Como no dia seguinte choveu muito, então não fui por causa da minha bebê de apenas 1 ano que temos. Só por ela eu não fui e não queria mais ele também. No dia seguinte ele disse que não lembrava de nada. Queria ficar bem, mas eu não quero mais. Só que pensei nela e então decidi ficar bem. Só que eu comecei a perceber que eu não sinto mais nada, completamente nada por ele. Pra mim as vezes é até melhor ficar sem a companhia dele. Então, nesse final de semana eu tinha um trabalho para ajudar minha filha mais velha e depois do almoço eu me sentei com ela para pesquisar e resumir o assunto para ela fazer seu trabalho. Deixei ele por no máximo 3 horas, e ele me disse assim: Se eu soubesse que eu ia passar a tarde dentro do quarto trancado com a Pietra eu tinha ficado era com minha mãe trancado no quarto lá. Eu não acreditei no que ele disse e então eu me revoltei de tal forma que eu pedi para ele ir embora na mesma hora. Eu achei um absurdo ele falar isso porque a Pietra é filha dele . Qual é o problema do pai ficar com a filha por 3 horas, com ela dormindo, enquanto a mulher ajuda a sua outra filha a fazer um trabalho de escola? Eu não sinto mais nada por ele e não consigo acreditar em mais ninguém. Eu to errada ou tenho algum problema?

Olha moça, estou tão revoltado com esse marido doentio, sádico, um encosto atirado pelo azar em tua vida, que preciso me acalmar para, então, te responder com a cabeça fria!! 😤. Agora, vou te dizer: tu não te respeitas mesmo. Nem a ti, nem às tuas filhas, pobres crianças que vão crescer assistindo cenas de dor e desamor, numa relação doentia. Quanta falta de amor própria e de dignidade, a tua!!
4 Comentários 47 curtidas
4 COMENTÁRIOS
Enviado Anônimamente 08/06/2018
Tinha que culpar a mulher também. Machismo impera, sempre!
5 curtidas Curtir
10/06/2018
Enviado Anônimamente 08/06/2018
Moça eu quero lhe falar que ninguém mais do que você sabe o que tem passado, e ninguém vai lhe desmerecer por você ter tomado a atitude de largar esse embuste, pelo contrario isso vai te tornar ainda mais mulher. Pare de viver triste, amargurada e, infelizmente, o que você vai transmitir para suas filhas serão sentimentos tristes e isso adoece a alma e o corpo. Faça isso logo, antes que isso vire rotina e ele achar que você nunca o deixará, continuando com este circo de horrores.
7 curtidas Curtir
10/06/2018
Enviado Anônimamente 08/06/2018
Quer que eu diga a verdade ?

Para as crianças, é mais difícil ver a separação dos pais do que perder um dos pais. Hoje, 60% dos casamentos acabam em menos de 1 ano. Desses 60 % que acabam e se casam novamente, 70% vivem mais infelizes do que no primeiro casamento. A busca da tal “felicidade” destrói as famílias, os lares e dilacera os filhos, que têm que conviver com um eterno vai e vem. A falta de diálogo, respeito, compreensão e principalmente de administrar situações adversas em momentos ruins, fazem famílias acabar com facilidade.

Hoje é muito mais difícil perdoar ou ter uma boa conversa. É mais fácil dizer: não gosto mais de você, vai-te embora. me deixa em paz, vou procurar minha alma gêmea. vou sair hoje com minhas amigas (e amigos). Etc...

Não se faz mais nada para salvar a família. Procurar outra, é mais conveniente.
14 curtidas Curtir
09/06/2018
Taí, uma sábia relfexão. Para ler e reler. E aprender.
6 curtidas Curtir
09/06/2018
Enviado Anônimamente 08/06/2018
Já li muito sobre relacionamentos abusivos e descobri que não é tão simples sair de um, se ele já te agrediu uma vez, pode fazer novamente, busque ajuda, aconselhamento, qualquer coisa, algo que te dê amparo para se livrar dessa situação junto com as suas filhas. Ligue no 180 e se informe.
2 curtidas Curtir
09/06/2018
oiaqui.com

Teresina - Piauí


15.907.090
Acessos

44.966
comentários

10.578
respostas
Nossos Vídeos

O que uma garrafa de refrigerante faz com seu corpo


Veja todos os videos